segunda-feira, 17 de novembro de 2008

PUDIM DE PÃO NA PANELA DE PRESSÃO

O pão nunca se estraga, quando duro: é torrado, fazem-se migas alentejanas ou de couve/nabiça, açordas, entra em doces de colher ou em neste Pudim de Pão.

Receita onde se inclua pão, só pode dar certo e ser boa. Muitas das nossas sobremesas tradicionais, principalmente as alentejanas, têm-no como ingrediente principal.
O pão, como aqui já comentei, tem algo de místico. Em casa, à mesa, o meu pai nunca deixou que um pão ficasse voltado ao contrário, quando caia ao chão, dava-se um beijinho, e só embolorado é que podia ir para as galinhas. Em casa da minha tia, à mesa, se não houver pão, a mesa não está bem posta.

É uma sobremesa rápida, que pode ser preparada com antecedência, 1-2 dias, e que acaba com algumas sobras de pão.
O Pudim fica com textura massuda mas muito aromático. Mais uma iguaria tradicional com cheiro de Outono.

Outras receitas de Pudim de Pão poderão ficar bem diferentes por levarem 1 pão, p.e., mas esta cumpre a função de gastar o pão que está duro. Nela pode pode ser usada qualquer tipo de pão, incluindo integral ou mesmo bolos ou biscoitos. Ao usar-se diferentes pães/bolos o sabor de cada pudim torna-se sempre diferente.

Receita baseada na receita homónima do Culinarium da Vaqueiro, com algumas alteração: inclui-se a côdea do pão, mais 25oml de leite e ovos inteiros em vez de apenas gemas.

Fiz assim...

PUDIM DE PÃO


INGREDIENTES

5 pães pequenos (tipo paposseco)
750ml de leite
6 ovos
250g de açúcar
raspa de 1 limão
caramelo q.b. para untar a forma


PREPARAÇÃO
Num tacho levar o leite a ferver. Desligar e colocar o pão partido aos bocados. Quando bem empapado, desfaz-se com a varinha mágica.
Bate-se os ovos muito bem com o açúcar e a raspa de limão e mistura-se ao pão.
Unta-se uma forma, com tampa, com caramelo líquido e verte-se o preparado.

Vai a cozer tapado na panela de pressão a 2/3 da forma com água, durante 15min. depois de levantar fervura.
Pode ser cozido no forno em banho-maria cerca de 45min..

Retira-se da panela e deixa-se arrefecer. Abana-se o pudim para o soltar e vai ao frigorífico na forma, até ficar bem frio. No dia seguinte mergulha-se parcialmente em água quente e desenforma-se num prato.

NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- O pudim pode ser aromatizado com canela, outra especiaria ou algum licor.

14 comentários:

  1. obrigada pela visita e pela força :)
    bjs dani

    ResponderEliminar
  2. Nunca consegui foi fazer o caramelo em casa. Ou fica muito líquido ou fica queimado. Qual o segredo? Sei que poderia comprá-lo, mas insisto em que um dia hei-de conseguir fazê-lo em casa!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Concordo o pão nunca se estraga...e fazer dele essa delícia é uma satisfação.
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Veio mesmo a calhar. Tenho bué de pão seco e torto, mas não deito fora. Aqui está a proxima sobremesa. lol. Bj

    ResponderEliminar
  5. Pudim de pão é dos poucos pudins que dispenso... mas se n houver mais nada lá marcha uma fatia!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Parabéns pelo blog: excelente!
    Já faz parte dos meus favoritos.
    Também gosto muito de fazer pão em casa e já tenho várias receitas suas para testar.

    ResponderEliminar
  7. Em casa dos Meus Pais,quando o Pão não estava na mesa o meu Pai dizia logo..."Mesa sem Pão é Mesa de Ladrão"(risos)...Nunca fiz doces com Pão,depois de ler a receitinha acho que já estou convencida:)))
    Adorei!

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  8. Ficou com um aspecto delicioso :)
    Aqui em casa raramente sobra pão mas é uma óptima ideia usá-lo em pudim!

    ResponderEliminar
  9. Aqui em casa também nunca se estraga, as últimas fatias acabam quase sempre em torradinhas ou pão de alho :)

    Esse pudim ficou com um aspecto de-lí-ci-o-so! Tenho algumas receitas mas todas diferentes desta.

    ResponderEliminar
  10. O pudim de pão não é dos meus preferidos mas de vez em quando faço e como. Esta receita é muito parecida com a que tenho.

    beijos

    ResponderEliminar
  11. Olá :)
    Se é de pão eu gosto com certeza... e é mais uma ideia fantástica para evitar deitar fora restinhos de pão.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. 5 papossecos - qual a equivalência em pão francês?

    ResponderEliminar
  13. Á conta do pudim de pão ainda hoje tenho uma cicatriz feita com o Éaçúcar caramelo para barrar a forma, sempre que vejo pudim de pão lembro-me da dita,é um clássico, delicioso, ;)

    ResponderEliminar
  14. adorei esse pudim e com uma padria nuca falta pao duro.. he he..
    vou esperimentar com certeza

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!