terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

MEXIDOS OU FORMIGOS

Mexidos ou também chamados de formigos, é uma sobremesa natalícia da região norte.
Mesmo sendo típica apenas da região norte, encontram-se várias formas de os fazer.

Regra geral inicia-se este doce com uma calda de açúcar à qual se adiciona o ingrediente principal, o pão, duro, claro está, aproveitamento. O mel e a canela dão calor ao doce que é comido na estação fria. Os pinhões e as amêndoas lembram aldeia e o vinho do Porto aroma desta região.

Depois há variações com e sem amêndoa picada e sobretudo com e sem frutas cristalizadas. Apresento a versão que mais gosto e que me parece ser a mais genuína, mas cada cabeça sua sentença!
Há receitas também onde as passas fazem parte do próprio doce, opto por esta versão também, para quem não gosta de passas/sultanas, as possa retirar facilmente e saborear a sobremesa. Nalgumas zonas o pão pode ser susbstituído por pão-de-ló endurecido.

Baseei-me na receita da revista "Doces Momentos" do açúcar Sores e Sidul de 2002.

E com estes Mexidos desejo umas Boas Festas a todos os que por aqui passam.

Fiz assim...

MEXIDOS OU FORMIGOS

INGREDIENTES
250g de açúcar amarelo
50ml de água
1 pau de canela
250g de pão com 3 dias
125g de miolo de amêndoa picada
1 cálice de vinho do Porto
4 colheres (sopa) de mel
5 gemas
75g de manteiga

PREPARAÇÃO
Partir o pão em pedaços pequenos de demolhar em água que o cubra, numa taça, durante 20min..

Numa caçarola levar ao lume o açúcar, a água e o pau de canela, deixando ferver 3min..
Introduzir o pão escorrido, o vinho do Porto, a amêndoa e o mel. Deixar ferver uns minutos, mexendo bem para desfazer o pão. Retirar do lume e eliminar o pau de canela.

À parte, bater as gemas e juntar à mistura anterior, parcialmente arrefecida. Mexer bem e levar ao lume para cozer uns minutos.
Juntar a manteiga e mexer.

Verter para um prato ou travessa e guarnecer com os pinhões, passas e canela em pó.

NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Durante a cozedura se a mistura estiver muito seca, juntar um pouco mais de vinho do Porto ou água;
- O pau de canela pode ser substituído por 1 gota, apenas 1 gota de essência de canela. A canela em pó fica apenas para polvilhar por cima, uma vez que na massa escurece-a.

quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

BOLACHAS DE MANTEIGA E CHÁ VERDE (MATCHA) GLACEADAS

É Natal e as manteigas nunca deixam ficar mal!
Desta vez enriquecidas com pó de chá verde, matcha.

A receita é a das Manteigas com Marmelada. Parte da massa foi incrementada com o chá verde, a restante é a original.

Mais uma vez, para que as manteigas fiquem crocantes e não duras, é necessário amassar rapidamente a farinha com a manteiga e deixar a massa repousar no frigorífico. Deve ser trabalhada fria e não quente e mantida no frigorífico até ser esticada e cortada.

O forno deve estar bem quente, para que as manteigas cozam em 7-8min. dependendo da espessura.

Para que fiquem mais natalícias, decorei-as com glacê simples branco, para dar ideia de neve, como o dos Bolinho para o Dia do Bolinho.

Fiz assim...

BOLACHAS DE MANTEIGA E CHÁ VERDE (MATCHA) GLACEADAS



INGREDIENTES 
Para as bolachas:
250g de manteiga
250g de açúcar
2 ovos
500g de farinha
1-2 colheres (sopa) de chá verde em pó (matcha)
3 gotas de corante amarelo
6 gotas de aroma de limão

Para o glacê:
1/2 clara
125g de açúcar em pó
gotas de sumo de limão

PREPARAÇÃO
Amolecer a manteiga e misturar com o açúcar. Juntar os ovos batidos, a farinha, chá, o corante e o aroma. Amassar apenas até formar uma bola.
Dividir a massa em duas bolas e levar ao frigorífico cerca de 20min., para se manterem frias.

Na pedra enfarinhada esticar com o rolo da massa uma das bolas de massa, com uma espessura de 4-5mm. Cortar como desejar usando um corta massas. Repetir a operação para a outra bola de massa.

Levar a assar em forno pré-aquecido a 200ºC, cerca de 7-10min..

Retirar e deixar arrefecer sobre uma grelha ou pedra fria.

Bater a clara em castelo, juntar o açúcar e o limão e bater novamente com as varas até obter um creme brilhante. Colocar uma porção num cartucho de papel vegetal ou uma seringa fina e decorar as bolachas frias. Deixar secar antes de arrumar numa caixa.



NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Para esta receita de bolachas basta usar 1/2 clara para não haver desperdícios de açúcar. Este glacê pode ser corado com a cor desejada.

quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

PÃO DE BATATA

É um pão com uma textura óptima. Poros muito regulares, miolo esponjoso, elástico e denso mas que não esfarela. Não fica a saber a batata, esta apenas contribui para a textura.
Permanece fresco durante uns dias, perdendo elasticidade mas não passa a esfarelar, é também óptimo para ser torrado.

Cresce bastante (às vezes bate no vidro), costumo cortar ao meio no sentido longitudinal fazendo 2 pães.

Pode ser feito com aproveitamentos de batata cozida de uma refeição ou cozendo de propósito, pois vale a pena experimentar. Já em tempos fiz o Pão de Batata ou de outro legume também com bons resultados, mas com uma textura diferente do deste, pois os ingredientes são outros.

Fiz assim...

PÃO DE BATATA


INGREDIENTES
250g de batata cozida
320ml de água morna
1 colher (chá) de fermento biológico seco
600g de farinha de trigo T65
1 colher (chá) de sal

PREPARAÇÃO
Cozer as batatas (no microondas, por exemplo) e colocar na forma da MFP. Com o esmagador de batatas fazer um puré na própria forma. Juntar a água para ajudar a fazer o puré.
Acrescentar os restantes ingredientes e seleccionar o programa "Sandes" ou outro para pães normais.
Desenformar no fim de pronto e deixar arrefecer numa grelha antes de fatiar.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- O peso das batatas cozidas é sensivelmente o mesmo do que em cru. Durante o cozimento pode diminuir 20-30g dependendo das batatas, por isso bata pesar antes de cozer.

sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

LANCHE DE QUEIJO E FIAMBRE

Óptimos para levar para uma viagem, piquenique, festa de aniversário, lanche a meio da manhã na escola...

O nome Lanche designa este tipo de salgado que pode ser comprado numa pastelaria, padaria, ou café, pode ser de massa folhada, lanche folhado, ou em massa tipo pão de leite.
A massa que usei é a do já comprovado Pão Doce - O Pão Doce, feita na máquina de fazer pão, depois é esticada e recheada. Nada mais simples.

Apenas cortei um pouco no açúcar da minha receita original, pois para recheios salgados, combina melhor uma massa menos doce.

Fiz assim...

LANCHE DE QUEIJO E FIAMBRE


INGREDIENTES
Para a massa:
200ml de leite morno
50ml de água morna
2 colheres (chá) de fermento seco ou equivalente
50g de açúcar (em vez de 100g)
3 colheres (sopa) de leite em pó
2 colheres (sopa) de farinha custard
2 colheres (sopa) de margarina
500g de farinha T65

Para o recheio:
queijo fatiado
fiambre fatiado
chourição fatiado (opcional)

Para cobrir:
1 gema
1 colher (sopa) de água

PREPARAÇÃO
Pela ordem indicada, colocar os ingredientes na forma da MFP.
Seleccionar o programa apenas de amassar.
No final do ciclo retirar a massa e dividir em duas partes.

Esticar cada uma das partes, na pedra enfarinha, com o rolo da massa, até atingir 0,5-1cm de espessura, dependendo do gosto de cada um.
Cortar rectângulos de 25x8cm aproximadamente.
Cobrir metade deste rectângulo com 2 fatias de queijo e 2 de fiambre, dobrar a restante massa e selar as margens.

Colocar num tabuleiro enfarinhado, ou sobre tapete de silicone ou papel vegetal, pincelar com a gema misturada com a água e deixar descansar cerca de 15min..
Levar a forno pré-aquecido a 180ºC.

Retirar assim que estiverem douradinhos.
Deixar arrefecer sobre uma grelha.

Rende 12 lanches com a massa esticada a 0.5cm de espessura.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Podem ser recheados com chourição, fiambre de peru entre outros;
- Torna-se também fantásticos se entre o queijo e o fiambre forem polvilhados com orégãos em folhas secas.