sábado, 30 de Abril de 2011

ROLOS DE CANELA - ARTISAN BREAD

Nada mais simples, nada mais saboroso.
Há algum de místico na mistura de açúcar e canela.

Apenas há que ir ao frigorífico buscar parte da massa do Artisan Bread, esticar a massa, rechear, enrolar e assar. Depois é lamber os dedos.

Quente são óptimos, frios também e reaquecidos ganham novamente sabor.

Podem ser feitos com uma massa de brioche, como a do Brioche - Artisan Bread ou de pão doce, mas costumo usar a simples massa de pão, para compensar o recheio.

Fiz assim...

ROLOS DE CANELA - ARTISAN BREAD


INGREDIENTES
2/3 receita base Artisan Bread
100g de manteiga
açúcar amarelo q.b.
canela q.b.

PREPARAÇÃO
Retirar 2/3 da massa de artisan bread do frigorífico e colocar na pedra enfarinhada. Polvilhar com mais farinha e com a ajuda do rolo da massa, esticar até obter uma rectângulo bem comprido.

Pincelar manteiga derretida por toda a massa. De seguida polvilhar abundantemente com açúcar e depois com canela.
Enrolar pela parte mais larga.

Cortar em rolos de 5cm e dispor numa forma previamente untada.
Levar ao forno, a 180ºC durante 45min. sensivelmente.

Desenformar.

 
 
 
 
 
 
 


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Os rolos podem ser enriquecidos com passas e/ou nozes ou amêndoas, espalhando-as antes de enrolar;
- Ao polvilhar com canela fazê-lo abundantemente para incentivar o sabor e aroma.

sexta-feira, 22 de Abril de 2011

PUDIM DE MILHO DOCE

Não é uma sobremesa, embora seja pudim. É sim, um acompanhamento.
Gosto de variar nos acompanhamentos e o milho é muito do meu agrado, pelo que o tenho usado em várias versões, polenta, polenta grelhada, espigas de milho - pãezinhos de milho, waffles e agora em pudim.

Não é bem um pudim, não é realmente um suflê, digamos que é quando o suflê se cruza com um pudim.
Muito saboroso, com um sabor intenso a milho.
Opto pelo milho doce congelado, o de lata embora bom, não tem o sabor e aroma do congelado, que mais se assemelha ao fresco. Um saco de milho congelado, tal como o de ervilhas, ocupa pouco espaço no congelador, coze em poucos minutos, e traz vantagem no sabor.

A receita é da Nigella, nas suas Delícias da Nigella, no capítulo Pecados do Gosto. E a receita faz jus ao capítulo onde se inclui. No original a receita é ainda mais simples, se é que isso ainda é possível. Inclui um lata de creme de milho, milho triturado, mas que por cá ainda não encontramos no mercado. Por isso, apenas se tem de usar a varinha mágica, ou um triturador, para transformar parte do milho doce cozido em creme. Prefiro igual proporção de milho:creme de milho, pois embora goste de encontrar os grãos de milho, neste tipo de acompanhamento, pudim, achei um pouco desconcertante mais milho que creme de milho, como no original.

Um acompanhamento delicioso, rápido de preparar, com visual diferente e com vantagem de poder ser preparado algum tempo antes de ser servido, o que é importante para quando se tem convidados, pois não se pode preparar tudo em cima da hora!

Fiz assim...

PUDIM DE MILHO DOCE


INGREDIENTES
4 ovos
800g de milho doce congelado
300ml de leite
200ml de natas
50g de farinha
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher /chá) de sal
pimenta preta moída q.b.

PREPARAÇÃO
Pré-aquecer o forno a 190ºC.
Cozer o milho de acordo com as instruções da embalagem, 7-8min..
Untar um pirex ou refratário, para ir ao forno, com cerca de 25x25cm ou equivalente.

Com a vara de arames, numa taça grande, bater os ovos muito bem, até se obter uma mistura fofa.
Juntar o leite, as natas e metade da quantidade do milho e com a varinha mágica triturar até obter uma polme.
Adicionar a farinha, o fermento e o sal e misturar bem.
Por fim acrescentar o restante milho e mexer para o distribuir bem.

Verter no refratário untado e levar ao forno a 190ºC, cerca de 1h.

Servir morno ou frio.

Rende para 6 pessoas.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Pode optar-se por preparar o pudim na batedeira, para isso, triturar metade da quantidade de milho, à parte, com o leite e depois juntar aos ovos já batidos na batedeira;
- Para enriquecer ainda mais este pudim e se for do agrado de todos, no fim de estar no forno cerca de 30min. retirar e polvilhar com queijo ralado, mozzarela ou outro que funda e gratine e levar ao forno os restantes 30min..

domingo, 17 de Abril de 2011

BOLO VERDE

Bolo verde, mais parece um bolo do Shrek! A decoração bem poderia ter ficado a condizer usando o ogre verde, mas o Tweety era o tema da festa.

É um bolo de agriões, muito macio, muito bom, muito grande, muito verde :)
Permanece macio e húmido durante alguns dias.

Aviso já, não sabe a agriões. Que pena dizem uns, ainda bem pensam outros.
Porquê comer sopa de agrião quando se pode comer um belo bolo? Quando os garotos descobrirem...

A receita foi-me dada pela JS que nos presenteou com o bolo assado em tabuleiro, muito obrigado.

Pode ser coberto com chocolate, como foi o caso, usando drageias coloridas como no Bolo de chocolate e amendoim, ou com leite condensado cozido, que também pode servir para rechear.

Fiz assim…

BOLO VERDE



INGREDIENTES:
Para o bolo:
1 molho de agriões ou 150g de agriões escolhidos
5 ovos (claras e gemas separadas)
3/4 de chávena/180ml de óleo
2 chávenas/400g de açúcar
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 chávenas/280g de farinha
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal fino

Cobertura de chocolate:

200g de chocolate de leite
2 colheres (sopa) de manteiga
leite q.b.

PREPARAÇÃO
Escolher os agriões, aproveitando as folhas e os pequenos talos. Lavar bem de seguida.
Pré-aquecer o forno a 180ºC e untar e forrar, com papel vegetal, uma forma redonda de 28cm de diâmetro.

Separar as gemas das claras e numa taça grande triturar com a varinha mágica as gemas com os agriões escolhidos. Juntar o óleo, o açúcar e a baunilha e continuar a triturar. Acrescentar a farinha peneirada com o fermento e mexer com a colher de pau.

Entretanto bater as claras em castelo com o sal.
Envolver as claras, delicadamente, na mistura do bolo.

Verter a massa na forma e levar ao forno cerca de 40min. a 180ºC ou até o palito sair seco.

Retirar o bolo do forno, deixar descansar 10min., na forma, e só depois desenformar e retirar o papel vegetal.
No fim do bolo frio e já no prato de servir preparar a cobertura.

Partir o chocolate em pequenos cubos, para uma tigela, juntar a manteiga e algum leite e levar ao microondas 30 segundos para derreter. Aquecer lentamente por períodos de 30 segundos mexendo sempre entre o aquecimento, até obter uma mistura lisa e não muito espessa.
Colocar a cobertura sobre o bolo e com a ajuda de uma espátula espalhar o chocolate por todo o bolo.

Rende um bolo de 28cm de diâmetro com 6cm de altura.

 
 
 
 
 
 


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Em vez de escolher o molho de agriões, pode ser mais prático e não mais dispendioso comprar agriões escolhidos e lavados para sopa ou salada;
- Pode ser feito num tabuleiro, cortando em quadrados que se passam por chocolate;
- Como o bolo é grande, pode optar por fazer metade da receita, assando numa forma redonda ou numa de bolo inglês;
- Para recortar um disco de papel vegetal para forrar o fundo da forma, mais fácil do que riscar à volta da forma sobre o papel e recortar o círculo, sobrepor a forma sobre o papel e cortar a tira da largura do diâmetro da forma. Dobrar a folha em quatro e depois radialmente até uma largura sensivelmente de 2cm. No final basta colocar o papel dobrado sobre a forma, coincidindo o centro para recortar o excedente;  
- Se quiser aplicar um disco de decoração em hóstia, colocá-lo no final de espalhar a cobertura, antes de ela secar, para que a agarre.