domingo, 31 de Julho de 2011

WAFFLES DE BACON E CEBOLA

Hummmm...
Super deliciosos.

Ótimos para uma entrada, um lanche, piquenique, festa de aniversário ou acompanhamento especial de uma refeição.
As claras em castelo deixam a massa destes waffles bem macia e a combinação do bacon e da cebola atribui-lhe o aroma delicioso. O bacon alourado dá ainda uma textura crocante aos waffles.

No dia seguinte, embora amolengados, são ainda deliciosos. Podem ser congelados e/ou aquecidos na torradeira.
Usei bacon em tirinhas porque a máquina de waffles tem um quadriculado bem largo e alto, para máquinas de quadriculado mais fino, usar o bacon em cubos como indico.

A combinação do bacon e cebola pode ser experimentada no Bolo de azeitonas, bacon e cebola e na Bôla de carnes de Trás-os-Montes.

Fiz assim...

WAFFLES DE BACON E CEBOLA


INGREDIENTES
300g de bacon em cubos
1 cebola média-grande picada
3 ovos (gemas e claras separadas)
250ml de leite
250g de farinha de trigo
100g de manteiga derretida
1,5 colheres (chá) de fermento em pó
pitada de sal fino (para as claras)

PREPARAÇÃO 
Aquecer uma frigideira e quando bem quente colocar o bacon. Mexer para não queimar, mas deixar a gordura derreter.
Assim que o bacon estiver bem louro, baixar o lume para médio-baixo e adicionar a cebola. Deixar cozinhar até a cebola ficar transparente. Reservar.

Numa tigela bater as gemas, juntar o leite e a farinha. Mexer até ficar homogéneo.
Acrescentar a manteiga derretida e a mistura de bacon e cebola.
Polvilhar a massa com o fermento e mexer.
Bater as claras em castelo com uma pitada de sal fino e juntar delicadamente à massa.

Colocar uma concha de massa na máquina de waffles pré-aquecida.
Deixar cozinhar 4min..
Retirar e deixar arefecer sobre uma grelha.

Rende 6 waffles grandes.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Como o bacon pode ser salgado não acrescentar sal à massa, apenas a pitada indicada nas claras. Se não for salgado acrescentar um pouco mais à massa;
- Deixei sobressair o aroma do bacon e cebola mas a massa pode ser ainda mais aromatizada com pimenta, orégãos e salsa, coentros ou cebolinho picados;
- Se for do agrado quando se juntar a cebola ao bacon para refogar, acrescentar também umas tiras de pimento vermelho bem picado.

terça-feira, 26 de Julho de 2011

BOLO DE TABULEIRO DE CHOCOLATE DE NOZES

Bolos de tabuleiro são práticos, normalmente já incluem cobertura, desenformam-se, cortam-se em cubos ou tiras e já está, prontos a servir.

A combinação chocolate e nozes é irresistível, típica de um brownie. No entanto a textura é um pouco diferente, menos húmida, menos densa, mais arejada, mais macia, mas cheia de sabor.

Um bolo muito bom, rápido de fazer, como todos os bolos de tabuleiro se querem. A receita é da Nestlé Brasil, por isso mantenho as típicas medidas em chávenas, para os fãs. No original o bolo não inclui nozes e a cobertura é de ganache de chocolate. Esta minha versão é mais apelativa.

Para uma festa, um piquenique ou simplesmente um lanche, é um bolo simples a não perder e que agrada a todos

Fiz assim...

BOLO DE TABULEIRO DE CHOCOLATE DE NOZES


INGREDIENTES
2 chávenas / 400g de açúcar
1 chávena  / 100g de chocolate em pó ou achocolatado
3 chávenas / 420g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 chávena / 240ml de óleo
2 ovos
2 chávenas / 480ml de água a ferver
150g de nozes picadas grosseiramente

PREPARAÇÃO
Numa tigela grande, peneirar o açúcar, o chocolate, a farinha, o fermento e o bicarbonato.
Juntar o óleo e os ovos ligeiramente batidos e misturar tudo com a água a ferver.

Verter a massa num tabuleiro retangular (+/- 22x33cm), untado com spray desmoldante ou margarina.
Espalhar as nozes por cima da massa.

Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 25min. ou até o palito sair seco.
Retirar e deixar arrefecer um pouco.
Desenformar e só depois de frio cortar em cubos.

 
 

NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Pode ser acrescentado à massa aroma de baunilha ou umas colheres de coco ralado;
- Em vez de nozes pode optar-se por amêndoas laminadas ou falhadas ou avelãs  picadas grosseiramente.

quinta-feira, 7 de Julho de 2011

PÊSSEGOS EM CALDA

Para aproveitar os muitos pêssegos desta estação e como aqui por casa parece haver preguiça em descascá-los, sugiro estes pêssegos em calda bem frescos, com ar de verão.

Fazem-se rapidamente e podem ser servidos simples ou acompanhados de uma bola de gelado de baunilha. São requintados, q.b. para uma sobremesa de um jantar especial.

A calda pode ter inúmeras variações, sugiro algumas nas dicas.

Fiz assim...

PÊSSEGOS EM CALDA


INGREDIENTES
pêssegos
100g de açúcar
1 pau de canela
1 anis estrelado
2 cravinhos
200ml de água
1/2 caule de erva-príncipe (capim-limão ou lemongrass)
2 colheres (sopa) de sumo de limão

PREPARAÇÃO
Numa caçarola colocar o açúcar, o pau de canela, o anis e os cravinhos. Deixar caramelizar o açúcar, mexendo sempre, até à cor desejada que deve ser clara.
Juntar com cuidado a água e a erva-príncipe. Deixar ferver 1-2min. Reservar.

Escaldar os pêssegos em água a ferver. Deixar 1min dentro de água. Escorrer e deixar arrefecer um pouco, ou debaixo de água, com uma faca descascar os pêssegos puxando a pele.
Cortar ao meio e com a faca soltar metade do pêssego e depois retirar o caroço.
Na tábua cortar os pêssegos em quartos.
Colocar numa taça e verter a calda.

Reservar no frigorífico até servir.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- A calda pode ter variações:
     - acrescentar ainda 1 cálice de vinho do porto;
     - substituir a água que dissolve o caramelo, por vinho branco;
     - acrescentar/substituir os cravinhos por cardamomo;
     - substituir a erva-príncipe por raspa de limão e folhas de lúcia-lima;
     - substituir o anis por um pouco de vagem/extrato de baunilha...
- O sumo de limão aromatiza, dá alguma acidez para cortar um pouco o doce e impede o escurecimento das zonas cortadas.