quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

COMPOTA DE CEBOLA ROXA CARAMELIZADA - CHUTNEY DE CEBOLA ROXA

Acompanha carnes assadas ou simplesmente um queijo de cabra.
De sabor bem marcado e com toque picante, este chutney eleva uma simples cebola ao seu expoente máximo e dá um toque de requinte à refeição.
Muito útil também para aqueles jantares descontraído de fondue ou raclete.

Fácil de se preparar, vai ganhando sabor ao longo do tempo.
Para os apreciadores de ceboladas esta é uma sugestão a ter sempre na despensa ;)

A sugestão Caramelised red onion é do livro The SuperJam Cookbook de Fraser Doherty.

Fiz assim...

COMPOTA DE CEBOLA ROXA CARAMELIZADA - CHUTNEY DE CEBOLA ROXA


INGREDIENTES
8 cebolas roxas
1 malagueta
2 folhas de louro
25ml de azeite
200g de açúcar amarelo
150ml de vinagre balsâmico
150ml de vinagre de vinho tinto

PREPARAÇÃO
Cortar as cebolas em fatias finas, usando um mandolim.
Colocar num tacho a cebola, a malagueta picada, as folhas de louro e o azeite.
Cozinhar em lume baixo cerca de 20min..

Quando as cebolas escurecerem e se tornarem mais pegajosas juntar o açúcar e os vinagres.
Continuar a cozinhar cerca de 30min. até o chutney se tornar espesso e mais escuro.

Rejeitar as folhas de louro e enfrascar o chutney ainda bem quente.
Tapar e virar os frascos ao contrário até arrefecerem.

Pode ser consumido de imediato ou após maturação de cerca de 1 mês.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Pode ser adicionada maçã durante o processo conferindo uma textura mais encorpada e um sabor mais adocicado e atenuado da cebola.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

GALETTE DES ROIS - VERSÃO SIMPLES

O Natal já foi e o dia de Reis por aí espreita
Embora nacionalmente não comemoremos o dia de Reis, é normal comprar-se um bolo rei para esse dia, pelo menos em casa dos meus pais a minha mãe fazia questão.

A sugestão da Galette des Rois é uma alternativa ao nosso delicioso bolo rei, mas quem não disse que podemos variar. Quem é cliente dos supermercados Intermarché já as deve ter visto, por esta altura, à venda na padaria, pois esta é uma especialidade francesa.

É muito prática de se fazer, os ingredientes são pouco, e se tiver um robot de cozinha, então não suja mais nada. Rende bastante.

Esta é uma versão simples pois o recheio apenas inclui o creme de amêndoas - frangipane. Este recheio é o mesmo que usei na cobertura do Bolo de banana com farinha espelta, apenas o aromatizei com rum e essência de amêndoa.
O recheio da Galette des Rois pode ser enriquecido, combinando este frangipane com creme pasteleiro.

Fiz assim...

GALETTE DES ROIS - VERSÃO SIMPLES


INGREDIENTES
2 rolos de massa folhada
100g de açúcar
125-150g de amêndoa pelada
75g de manteiga à temperatura ambiente
2 ovos
1 colher (sopa) de rum
2 gotas de essência de amêndoa

1 gema (pincelar)

PREPARAÇÃO
Na Bimby:
Colocar a amêndoa no copo e ralar 5seg./vel. 7.
Acrescentar a manteiga, o açúcar, os ovos, o rum e a essência de amêndoa e programar 15seg/vel. 3-4, até obter uma massa homogénea.

À mão:
Numa tigela bater a manteiga com o açúcar.
Acrescentar a amêndoa previamente ralada, os ovos, o rum e a essência de amêndoa e bater até obter uma massa homogénea.

Num tabuleiro ou forma de pizza, estender um dos rolos de massa folhada, aproveitando o papel vegetal.
Picar a massa com um garfo.

Colocar o recheio no meio da massa e pressionar, espalhando uma camada uniforme, deixando uma margem de 2cm.
Pincelar ou passar o dedo com água sobre essa margem e cobrir com o outro rolo de massa folhada já desenrolado. Retirar o papel vegetal deste segundo rolo de massa.
Enrolar a margem de forma a unir as duas massas.

Com a ajuda de uma faca, riscar suavemente a superfície com espaçamento de 4-5cm e depois cruzando na diagonal formando losangos.
Pincelar a superfície e bordas da massa com a gema batida.

Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC até alourar, cerca de 30min..


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Ao riscar a superfície da massa não se deve cortar totalmente, pois o recheio poderá sair. Para facilitar o corte deve-se usar uma faca afiada a manter o gume húmido com água, passado os dedos molhados no gume antes de cada corte.