sexta-feira, 14 de agosto de 2015

PÊSSEGOS AMARELOS COM VINHO DO PORTO

Lembro-me do meu pai preparar pêssegos amarelos em vinho branco, num frasco que ficava alguns dias a tomar sabor.
A preparação era muito semelhante a esta que apresento, mais simples, apenas usava um bom vinho branco e açúcar.

Este dia de agosto traz-me recordações, irá trazer sempre, irá trazer sempre saudade... só quando vivenciamos é que nos apercebemos que as pessoas que nos tocam são eternas, e não há dia ou situação algumas em que não pensemos nelas, a toda a hora. Serão estes os nossos anjos-da-guarda?

Agosto lembra-me o meu pai, lembra-me o verão, lembra-me o sol. Verão combina com pêssegos, também eles cheios de cor, sabor e aroma.
Celebrem o verão e a harmonia!

Estes pêssegos serão um ótimo terminus de almoço ou jantar, com papel duplo de sobremesa e digestivo.
Para uns pêssegos com uma calda mais elabora podem também fazer os Pêssegos em calda. De qualquer das formas usar sempre pêssegos maduros, doces, de polpa firme e de preferência biológicos, como estes que foram de produção própria.

Fiz assim...

PÊSSEGOS AMARELOS COM VINHO DO PORTO


INGREDIENTES
4 pêssegos amarelos
2 folhas de hortelã
2 colheres (sopa) de açúcar amarelo
200ml de vinho do porto branco
1 anis-estrelado

PREPARAÇÃO
Escaldar os pêssegos e pelar.
Cortar ao meio, retirar o caroço, fatiar e cortar em cubos.
Picar a hortelã finamente e envolver nos pêssegos.

Numa taça dissolver o açúcar no vinho do porto.

Colocar os pêssegos num frasco de compota esterilizado e a estrela de anis.
Verter a mistura de açúcar e vinho do porto até encher. Se for preciso acrescentar um pouco mais de vinho do porto.

Guardar no frigorífico algumas horas ou de preferência de um dia para o outro.

Servir os pêssegos numa taça com alguma calda.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Usar pêssegos maduros mas bem firmes;
- Estes pêssegos conservam-se no frigorífico alguns dias, mas não mais de 1 semana;
- Se sobrar alguma calda poderá servi-la como "licor" de pêssego ou um aperitivo em pequenos copos.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

TOFU COM BROA

Uma alternativa muito simpática e do agrado de todos, tal como o Tofu à Brás.

Para aqueles dias onde o peixe e a carne são colocados de lado, o tofu (soja) contribui com as proteínas e os vegetais com as fibras e vitaminas. A broa, esta agrada sempre de qualquer maneira, mas desta vez, tostada, cobre os vegetais salteados com o tofu, contribuindo com os hidratos de carbono, sem necessidade de arroz, batatas ou massa.

Umas folhas verdes  de agrião, canónigos, rúcula, espinafres crus ou mesmo alface, levemente temperadas contribuem com a textura e frescura.

Esta sugestão é da Gabriela Oliveira no seu livro Cozinha Vegetariana - para quem quer poupar.
É também uma refeição leve para estes dias quentes e serve bem para levar na marmita para a praia ou para o trabalho.

Fiz assim...

TOFU COM BROA


INGREDIENTES
Para o tofu:
1 fio de azeite
500g de tofu
1 cebola
3 alhos-franceses (parte branca)
1 cenoura
2 colheres (sopa) de levedura de cerveja (opcional)
1 colher (sopa) de molho de soja
1 colher (chá) de pimentão doce
manjericão q.b.
tomilho q.b.
pimenta preta q.b.
sal q.b.

Para a crosta:
1 broa de milho (400g)
1 dente de alho
4 colheres (sopa) de salsa picada ou 2 colheres (sopa) de orégãos secos
6 colheres (sopa) de azeite

PREPARAÇÃO
Preparação:
Esmagar o tofu com um garfo ou ralar grosseiramente.
Cortar as partes brancas do alho francês ao meio no sentido longitudinal e depois em fatias bem finas.
Cortar a cebola em meias-luas finas.
Ralar a cenoura.

Numa frigideira colocar o fio de azeite e a cebola e levar ao lume a saltear até esta ficar translúcida.
Juntar o alho francês, a cenoura, o tofu e a levedura de cerveja (opcional).
Adicionar o molho de soja, o pimentão doce, o manjericão, o tomilho e a pimenta.
Deixar cozinhar cerca de 8min., mexendo ocasionalmente.
Verificar de sal e temperar se necessário.

No processador de alimentos triturar a broa com o alho, a salsa e o azeite e triturar até obter uma farofa.
Num pirex ou assadeira, colocar a mistura de vegetais e tofu e alisar.
Cobrir com a mistura de broa triturada.
Pressionar com as costas de uma colher de sopa para que a camada de broa fique uniforme.

Levar ao forno pré-aquecido a 200ºC, cerca de 15min. ou até a broa dourar.

Servir com uma salada de tomate e folhas verdes ou pepino.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Como o molho de soja é salgado, adicionar o sal apenas no fim de provar;
- Outros vegetais podem ser adicionados, como espinafres salteados, grelos cozidos, couve em juliana grossa escaldada, bróculos em pequenos ramos previamente cozidos...
- Se não se importar de adicionar algo animal a esta sugestão pode substituir o azeite da crosta da broa por manteiga, quem não gosta de broa torrada com manteiga ;) Não usei salsa na crosta apenas para não abusar da sorte à mesa ;) usei orégãos secos.