segunda-feira, 30 de março de 2015

AMÊNDOAS DE SOBREMESA

Para além do folar e dos ovos de chocolate, as amêndoas são incontornáveis nesta quadra. No entanto, ao contrário das outras iguarias as amêndoas caem sempre bem durante todo o ano.

Há dois tipos de amêndoas de Páscoa, tradicionalmente portuguesas, que me recordo de infância: as amêndoas lisa-cores, redondas, coloridas e... duras, deixadas pelo pároco durante a visita pascal e que ficavam esquecidas até ao ano seguinte, porque ninguém as comia, perdendo as cores; e as amêndoas de sobremesa, muito tradicionais, que eu comprava na pastelaria ao peso, ou que eram feitas pela minha mãe (tal como na versão com amendoim durante o resto do ano).

Muitas das amêndoas de sobremesa que hoje se compram embaladas fazem render o peso à custa do açúcar, tendo proporcionalmente muito mais açúcar que amêndoa.
Nesta versão o açúcar está reduzido ao mínimo fazendo sobressair o ingrediente principal, a amêndoa.

Tal como outras preparações e ingredientes, há modas, e estas amêndoas, por serem tradicionais e simples de preparação, são também preparadas em escolinhas e outras instituições, embaladas em sacos transparentes, amarrados com uma fita colorida, para angariação de fundos, podendo ser uma ótima ideia para presentear aqueles que nos são queridos, nesta quadra.
São uma boa ideia para cozinhar com os mais pequenos, com os devidos cuidados, na interrupção letiva da Páscoa.

Há um inconveniente, é que estas amêndoas são uma autêntica tentação, logo na quaresma que nos deveríamos ver livres destes pecados e saber-lhes resistir. Podem sempre considerá-las um teste à fé ;)

Fiz assim...

AMÊNDOAS DE SOBREMESA


INGREDIENTES
250g de miolo de amêndoa com pele
250g de açúcar
125ml de água
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher (sopa) de achocolatado
1 colher (sopa) de mel
1 colher (chá) de fermento em pó

PREPARAÇÃO
Torrar a amêndoa no forno, espalhada num tabuleiro, ou numa frigideira antiaderente, mexendo sempre para não queimar, durante alguns minutos. Reservar.

Pincelar um tabuleiro ou prato grande com um pouco de óleo.

Num pequeno tacho levar o açúcar e a água a ferver 5min., em lume médio.
Colocar a baunilha, o achocolatado e o mel e mexer.
Juntar a amêndoa, envolver e acrescentar o fermento.
Mexer constantemente, sem retirar do lume, até açucarar.

Verter no tabuleiro, espalhar e deixar arrefecer.

No fim de frio colocar num frasco, saco ou lata hermética.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- A amêndoa pode ser torrada com alguma antecedência e no fim de bem fria guardada num saco ou caixa plástica;
- O achocolatado dá cor acastanhada às amêndoas e também sabor, mas não sobressai, pelo que passa ser ser reconhecido. O fermento em pó, ao espumar, ajuda na adesão do açúcar às amêndoas;
- Em vez do achocolatado e baunilha pode ser usada canela em pó;
- Podem ser feitas variações a esta receia usando a mesma quantidade de açúcar e de amêndoas, substituindo o açúcar branco por açúcar amarelo ou demerara...

7 comentários:

  1. são uma tentação estas amêndoas, adoro bjokitas

    ResponderEliminar
  2. Estas amêndoas são deliciosas. Nunca fiz, mas adoro comê-las!

    ResponderEliminar
  3. Como vivo há vários anos fora de Portugal, tenho sempre muitas saudades destas amêndoas. Muito obrigada pela receita!!

    ResponderEliminar
  4. optima sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Acabei de fazer.Usei canela
    Muito,muito bom.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  6. Obrigada por mais este momento doce! As minhas ficaram deliciosas e são as preferidas, o açúcar realmente no ponto. Boa Páscoa :)

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!