terça-feira, 7 de abril de 2009

FOLAR DE PÁSCOA

Páscoa pede folar.
Tradicionalmente os padrinhos, na Páscoa, oferecem um folar (presente) aos seus afilhados.
Antigamente o folar que se dava era um pão doce (ou não) de massa lêveda, daí este bolo ter-lhe adquirido o nome. Hoje recorre-se a outro tipo de prendas para folar, mas o bolo folar continuará a ser chamado de folar.

Nas aldeias o folar é um produto de padaria, bastante rústico. Nas cidades é um produto de pastelaria, com alguns melhoradores de sabor, cor, textura e de apresentação, como a gelatina e afins para o brilho, com algumas excepções.

Dependendo da região do país, os folares ou são doces ou salgados.
Este é o típico da minha região, é doce e coberto com ovos cozidos. O bolo simboliza o ninho, e os ovos a geração de uma nova vida, fertilidade (tal como os coelhos - malandros, lol).
Deseja-se felicidade e prosperidade a alguém, quando se lhe oferece um folar.
Noutras regiões, no norte, o folar de Chaves é uma massa de pão, lêveda, recheada com carnes, fumadas ou não, maravilhoso, no sul, o folar de Olhão é uma massa enrolada com açúcar e canela, supermaravilhoso.
Mesmo os doces e os salgados, variam de forma e sobretudo de receita.
No doce por exemplo, há o folar com ovos na massa e sem, com ovo em cima ou não, redondo ou oval, com canela, erva-doce, raspa de limão e laranja ou sem algum destes aromas...

Os ovos que o cobrem são cozidos com casca de cebola para ficarem acastanhados.
E quem não gosta de uma boa fatia de folar, até cortada à mão, a acompanhar um dos ovos cozidos? Estes ovos cozidos, ficam sempre muito mais aromáticos e a massa do bolo que os envolve, fica muito mais macia e húmida, perfeita para mim.
O folar é óptimo no dia em que é feito, no dia seguinte, ou durante a semana. Torrado com manteiga, hummmmmmm.

Mais fotos aqui, de outra fornada.

Baseei esta receita na das Farinhas Lusitana - revista do clube n. 26.

Fiz assim...

FOLAR DE PÁSCOA


INGREDIENTES
Para a massa:
250ml de leite morno
2 colheres (chá) de fermento biológico seco
1 ovo
110g de açúcar
570g de farinha T65
1 colher (café) de erva-doce em pó
1 colher (café) de canela em pó
raspa de 1 limão pequeno
100g de manteiga ou margarina amolecida

Para decorar:
ovos cozidos em casca de cebola
1 ovo (pincelar)

PREPARAÇÃO
Cozer os ovos em água com cascas castanhas e secas de cebola e sal. Escorrer e reservar.

Na MFP:
Na cuba da MFP, juntar os ingredientes pela ordem mencionada.
Seleccionar o programa "Massa" e deixar prosseguir até ao fim, o que inclui levedar. A massa no início parece pegajosa, mas com o amassar e levedar irá ficar macia, elástica e desprende-se.

À mão ou na batedeira:
Na tigela mexer o fermento e o leite morno. Juntar o açúcar e o ovo e bater. Acrescentar a canela, a erva-doce e a raspa de limão. Bater com a colher de pau ou na batedeira com a pinha.
Juntar a farinha e bater com a colher de pau ou na batedeira com os ganchos da massa.
Acrescentar a margarina e mexer até ser absorvida.
Polvilhar a massa com farinha.
Deixar levedar, tapado com um pano e cobertor, sensivelmente 1h30 ou até duplicar de volume.

Em ambos os processos:
Retirar a massa, que estará macia, e separar desta um pedaço equivalente a uma tangerina, para a decoração.
Dividir a massa, para dois folares, ou tomá-la toda, para um só folar, e na pedra enfarinhada moldar uma bola com a massa do folar, enrolando os lados para baixo e para dentro, tornando a superfície lisa.
Enfarinhar um tabuleiro forrado com papel vegetal ou tapete de silicone e moldar o folar. Com a mão fazer no centro as covas para os ovos. Colocar os ovos fazendo pressão para que se enterrem.

Dividir a massa, que foi separada para decoração, em número igual ao dos ovos usados e fazer rolinhos em cada porção. Dividir cada rolo a meio e fazer uma cruz em cima de cada ovo. Com o dedo empurrar as extremidades dos rolos, como se estivéssemos a fazer um furo na massa.

Pincelar com o ovo batido e deixar descansar 15min. enquanto o forno aquece.
Levar ao forno pré-aquecido, a 180ºC durante 30-35min.

Retirar e deixar arrefecer numa rede.

Rende 1 folar com 1,2kg ou 2 de 600g.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Para obter uma receita mais tradicional, substituir metade do leite por água morna e não juntar o ovo na massa;
- A margarina que usei, marca "Chefe" tem uma cor amarela, o que contribui para a cor da massa;
- A quantidade de canela e de erva-doce pode ser aumentada a gosto;
- Para levedar sem problemas pré-aquecer o forno a 60ºC, desligar e colocar a taça com a massa, mesmo sem tapar;
- O tapete de silicone permite que o lar não fique seco ou queimado.

34 comentários:

  1. Ficou tão lindo o teu folar!! Acho que vou estrear a maquina de fazer pão da minha irmã!! Eheheh..
    Adorei as fotos de todos os passos da confecção!

    ResponderEliminar
  2. Ficou lindo demais este folar!! Maravilha!! A receita já está guardada! :)
    Bjcas.

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito este folar, vou ter de experimentar.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. O ano passado fiz um folar que ficou muito bom e este ano vou ter de repetir. Por aqui os folares também são assim doces e com ovos cozidos.
    Rico folar! Não queres ser meu padrinho? Assim já não precisava fazer lol

    ResponderEliminar
  5. A blogosfera portuguesa esta Páscoa pode fazer uma compilação das 1001 Receitas de Folares!
    Mais uma deliciosa.
    :)

    ResponderEliminar
  6. Ficou maravilhoso o teu folar, como seria de esperar :-) as pastelarias põe gelatina nas massas ?!? as coisas que tu sabes homem :-D

    ResponderEliminar
  7. Que imagem deliciosa! Adoro fazer pão e com certeza vou fazer esse tambem.

    ResponderEliminar
  8. Também vi a receita na revista Lusitana e fiquei de olho nela, acho que vou fazer :)

    ResponderEliminar
  9. Manuela - Os padrinhos já não são como antigamente, agora os afilhados(as) é que fazem os folares! Queres ser minha afilhada? lol

    Mesa - A gelatina não é na massa é para pôr por cima para que fique brilhante. É uma mistura pegajosa de gelatina e calda de açúcar ou geleia. Tipo pega-monstro, lol

    ResponderEliminar
  10. Eu gosto mas sem os ovitos :)
    A partir de hoje vai tudo levar com um folar nas festas sejam elas quais forem he he E se alguém disser alguma coisa eu explico o significado :)

    ResponderEliminar
  11. adoooooooooro este folar!!!Nham nham

    bj
    Lucia

    ResponderEliminar
  12. Gosto, gosto... de tudo, só não como as cascas dos ovos!!!
    Tambem gosto muito daquele folar do Algarve.... que é tipo caracol gigante.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. eu bem que tentei fazer um mas correu aml. vou experimentar de novo talvez.
    mas seguindo outra recita. a sua esta boa e o folar lndissimo.
    ebijinhos

    ResponderEliminar
  14. Ficou com um aspecto super fofo e apetecível.Dispensava era os ovos cozidos (apesar de ser tradição)...não acredito que alguém os coma ...pelo menos com o folar. Se calhar vou furar a tradição e substitui-los por côco (como nos pães de deus ou arrufadas)

    ResponderEliminar
  15. É desta que vou experimentar!! Apenas queria colocar 2 questões: Onde encontra essa margarina? Nunca vi á venda... E outra pergunta, qual é a quantidade de fermento fresco que devo colocar? Não tenho do seco...
    Obrigado pelas belíssimas receitas!!

    ResponderEliminar
  16. Borboleta - Não acredito é que alguém não coma os ovos com o folar, lol. Mesmo que sobre algum, nos dias seguintes são petisco.

    Susana - Compro na Makro. Há para folhados, bolo rei e esta normal é para massas, embalagens de 1kg. Podes usar 25-30g de fermento de padeiro fresco, que se dilui no líquido morno. Depois conta como ficou.

    ResponderEliminar
  17. Já fiz o meu folar, usei a receita da revista do clube de consumidores Lusitana, mas tive de adaptá-la porque a receita original fica líquida. Achei que era parecida com a tua, vim cá espreitar e é igual.
    Por isso o meu ficou tão parecido com o teu :)

    ResponderEliminar
  18. Ah, e aceito ser afilhada, afinal de contas as modas são rotativas, não tarda nada o padrinho volta a dar folares :D

    ResponderEliminar
  19. Find more FOLAR DE PÁSCOA in my recipe blog search:
    HERE

    ResponderEliminar
  20. Fiz o folar pela tua receita e coloquei os tais 30gr de fermento de padeiro, mas não correu mt bem...A massa estava alta na cuba da máquina mas ficou mt mole e não consegui formar o folar, estava sempre a deslizar...Está bom de sabor mas parece uma grande bolacha com 2 ovos quase enterrados!!! Não sei o que correu mal.

    ResponderEliminar
  21. Susana - A massa quando está a ser amassada é realmente um pouco pegajosa, mas no fim de levedar, é muito macia, muito fácil de moldar. É perfeita para trabalhar. Se ficou mole, parece-me que houve qualquer engano na quantidade de água ou farinha. Já que pelo ovo, mesmo que tenha sido grande, não teria um contributo execesivo com líquido.
    Hoje fiz 4 vezes esta receita, e todas elas sa´´iram perfeitas. Vou colocar a fotografias hoje.
    A farinha é T65? e foram as 570g? e só foram 250ml de leite e 1 ovo?

    ResponderEliminar
  22. que interessante a cultura de cada país.!!!..adorei saber o porque do "folar de pascoa!'..muito bonito tudo isso..e..a receita deve ser tudo de bom...obrigado por nos fazer ..ou me fazer entender o significado do folar ..um abraço..

    ResponderEliminar
  23. Obr. por postar esta receita.

    Claro que fui logo experimentar!!!!e ficou muito fôfo ao contrário de outros que já tinha experimentado.

    Na minha região não podem faltar na mesa os ovos tingidos,alguns com cascas de cebola,claro!!!

    ResponderEliminar
  24. Acabei de postar o folar no Mangia!!! Obrigada pela generosidade!
    Um ótimo final de semana, beijos!

    ResponderEliminar
  25. Parabéns pelo teu blogue, é de fazer crescer água na boca e o teu folar está mesmo a dizer: come-me!
    Hoje também estive a fzer o folar aqui na Instituição, vamos vêr como vai saír. Devs estar a qustionar-te, quem sou? Trabalho no Centro Social Paroquial de Vieira de Leiria, onde o teu irmão vem prestar os seus serviços e já há algum tempo que sigo o teu blogue.
    Continua a maravilhar-nos com as tuas receitas!

    ResponderEliminar
  26. Júlia - Obrigado pelos elogios :)
    Espero que os folares tenham saído bons, e que tenham agradado a todos que os comeram ou vão comer.
    Esta semana também vou fazer alguns.
    Alguma dúvida no procedimento é só dizer :)

    ResponderEliminar
  27. Ola bom dia. Realmente o teu folar da pascoa ficou com um aspecto maravilhoso. fiquei com vontad de experimenta-lo... tenho é so uma duvida :( posso substituir a farinha pelo tipo 55?! é qe vivo no estrangeiro e nao sei s eencontro a farinha tipo 65. e o fermento é o de padeiro? qual a quantidade? obrigada por responderes. beijinhos :)

    ResponderEliminar
  28. Marta - Pode substituir por fariha T55, é mais fina, não alterará muito a textura, use farinha dita normal sem fermento.
    O fermento pode susbstituir por padeiro, cerca de 40g.
    Depois conte como ficou. Boa páscoa.

    ResponderEliminar
  29. Pão, Bolos e Cia, preparei-me hoje para ir comprar os ingredientes, que faltavam, para fazer este folar que tem um aspecto maravilhoso e como estamos na época da páscoa, mas nao emcontrei a erva doces (vivo no estrangeiro) :( o que faço? Substituo a erva doce pelo que? Ou simplesmente só utilizo a canela. Aguardo uma resposta da sua parte. Merci :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  30. Martinha - A erva-doce moída é o mesmo que sementes de anis moídas. Pode simplesmente omiti-la e usar apenas a canela, ficará bom. Embora a erva-doce tenha um travo marcante nem todos gostam e há quem não use. Eu gosto, mas se não encontrar, fique pela canela.
    Depois conte como ficou.
    :)

    ResponderEliminar
  31. Boas noites, o folar está com um belo aspecto, parece ser delicioso.
    Tenho três questões, se puder ajudar agradeço.
    1- Cortando a receita para metade continuo a incluir o ovo ou é melhor retirá-lo da massa??
    2- Substituindo a farinha T65 por T80 irá alterar muito a textura/"fofura" do folar?
    3- 20g de fermento fresco deverá chegar para metade da receita ou é demais?
    Agradeço desde já qualquer ajuda, será preciosa

    ResponderEliminar
  32. Francisco
    1- Continue a usar o ovo, use um pequeno ou diminua 1-2 colheres de leite;
    2- Não costumo usar farinha T80, n deve alterar muito a textura mas absorverá menos líquidos;
    3- Sim, use 20g de fermento padeiro fresco.
    Conclusão - use apenas 100ml de leite para metade da receita.
    Depois conte como ficaram.

    ResponderEliminar
  33. Boa tarde, passo aqui para dizer que o "meio" folar até nem saiu mal, houve um pequeno problema com a massa q ficou líquida demais mas rectifiquei com um pouco mais de farinha e mais tempo a levedar e resolveu-se tudo, deve ter sido de ter usado a farinha T80. De resto só o forno é não ajudou na cozedura mas ficou bem fofinho =D.
    Agradecido pelas ajudas e uma boa páscoa

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!