segunda-feira, 23 de agosto de 2010

DOCE DE COURGETTE, BAUNILHA E LIMÃO

Estamos na altura dos doces, compotas, geleias e conservas.
Há algo de maravilhoso num frasco de doce caseiro. É como se no frasco ficasse guardada uma estação inteira, se parasse o tempo para mais tarde o voltar a fazer andar, às colheradas.

Frutos e legumes (sendo em termos botânicos a maior parte dos legumes, frutos) podem ser conservados e transformados em doce. Foi o caso das courgettes que me deram, grandes, cada uma tinha 1kg!
Já o ano passado tinha feito, com casca e sem aromatizar, este ano lembrei-me da combinação que tinha visto no No Soup For You, com baunilha e lima e da versão no Luísa Alexandra.

Rápido e muito saboroso. A textura é semelhante à do doce de gila, pois a courgette é ralada, ficando em fios.
Usei açúcar gelificante que já possui pectina, ver Dicas de Doces, Compotas, Geleias e Conservas.

Fiz assim...

DOCE DE COURGETTE, BAUNILHA E LIMÃO


INGREDIENTES
courgettes
1 vagem de baunilha
1 limão (casca)
açúcar gelificante 2:1


PREPARAÇÃO
Lavar as courgettes e com o descascador de cenouras retirar a casca. Ralar à mão, ou no robot, obtendo fios finos.
Levar ao lume num tacho com alguma água. Juntar a raspa de limão
Abrir a vagem de baunilha ao meio, no sentido longitudinal, raspar as sementes com uma faca de bico e juntar às courgettes, juntamente com a vagem aberta. Deixar ferver 15min..

Retirar a vagem. Escorrer a courgette numa rede sem apertar.
Pesar.

Levar ao lume a courgette no mesmo tacho com metade do peso em açúcar gelificante. Deixar ferver 3min. mexendo sempre para não pegar.

Enfrascar.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Também já fiz com courgettes sem descascar, mas o aspecto final fica mais bonito sem os raiados verdes;
- Se a courgette estiver muito madura, na polpa existirão sementes muito desenvolvidas. Cortar a courgette ao meio e retirar com o dedo ou uma colher os canais das sementes;
- Como as courgettes têm muita água, não é necessário cozê-las com água a cobrir, basta a 2/3;
- Uma courgertte de 1kg no fim de cozida e escorrida (sem apertar) rende 500g, se for apertada rende 400g. Usar 250g/200g ou ligeiramente menos de açúcar gelificante, respectivamente;
- Querendo um doce mais preso pode-se escorrer completamente a courgette, apertando bem com as costas da colher de pau na rede quando se estiver a escorrer.

14 comentários:

  1. É coisa que nunca fiz. Mas algum dia será o primeiro...!
    Ficou com um aspecto óptimo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É uma óptima maneira de se aproveitar as courgettes, também adorei a experiência.
    O teu ficou com uma cor linda, e adoro ver as pintinhas da baunilha, dá uma elegância fantástica.

    ResponderEliminar
  3. Acabei de ver essa receita no blog No soup for you e adorei. Vou mesmo experimentar!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia,

    Primeiro comentário num blog que acompanho há algum tempo. Sempre interessante.
    Uma dúvida: nunca tinha ouvido falar em açúcar gelificante. Presumo que seja açúcar com pectinas. Estou certo? Onde se compra?

    Muito obrigado

    ResponderEliminar
  5. Muito Obrigado pela partilha de informação.
    Autêntica enciclopédia este blog!

    ResponderEliminar
  6. As courgettes são óptimas nos bolos e doces. Prestam-se às mais variadas receitas. É um dos meus legumes (que na realidade é fruto) preferidos :)

    ResponderEliminar
  7. Nunca me ocorreu fazer com courgette... está bem colorida.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Olá!
    Passa no meu blog tenho lá um selo para ti! Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Tb já tinha feito no ano passado, sem aromas, mas gostei muito da combinação da baunilha com o limão.

    Ficou com uma cor linda!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  10. hummm, eu gosto de doce de gila... mas deste... não sei! Só provando!

    Beijihos

    ResponderEliminar
  11. Deve ser óptimo para aproveitar as courgettes. Eu por acaso não aprecio mas pode sempre oferecer-se!

    ResponderEliminar
  12. Podem experimentar à vontade, a courgette não tem nenhum sabor especial, adquire facilmente os aromas que se acrescentam. Ela contribui com a textura essencialmente.

    ResponderEliminar
  13. Adorei a receitinha e vou fazer, estou a gostar de descobrir o teu cantinho. Beijinhos,

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!