sábado, 20 de fevereiro de 2010

BROÍNHAS DE ESPÉCIE

Eu sou fã de Broínhas Castelares e claro Broínhas de Espécie. A diferença entre as duas está apenas na farinha, principalmente de milho. As Broas Castelares levam um pouco de farinha na massa, já as Broas de Espécie não levam nenhuma.

Esta diferença de ingredientes faz com que as Broas de Espécie tenham uma textura mais macia, mas o sabor é muito semelhante às Castelares. Demoram um pouco mais a engrossar a massa. Para decorar as Broas de Espécie salteiam-se com drageias coloridas, enquanto as Castelares apenas se decoram com gemas batidas. Como a massa destas broias é mais delicada, podem assar em cima de folha de obreia, se a achar!

Ambas são típicas da região da Estremadura.

Embora possam dar algum trabalho a fazer, podem ser preparadas por fases, como eu faço, num dia cozo a batata doce e reservo, noutro dia faço a massa e só noutro dia, as moldo e cozo.

Devem assar até ficarem levemente queimadas, como os pastéis de nata, mas eu prefiro mais douradinhas.

Por não levarem farinha de trigo, nem outra, estão aptas para celíacos, tendo a preocupação de untar o papel vegetal em vez de o enfarinhar.

Fiz assim...

BROÍNHAS DE ESPÉCIE


INGREDIENTES
100ml de água
500g de açúcar
750g de batata doce cozida em puré
100g de coco ralado
200g de amêndoa pelada moída
raspa de 2 laranjas
6 gemas

Decoração:
3 gemas
1 colher (sopa) de água
drageias coloridas

PREPARAÇÃO
Cozer as batatas doces com pele, pelar e reduzir a puré. Reservar.

Num tacho levar a água e o açúcar ao lume, até ferver 3-4min.. Ainda ao lume, juntar o puré da batata doce, o coco, a amêndoa e a raspa de laranja. Mexer bem até atingir ponto de estrada. Retirar do lume e deixar arrefecer uns minutos.

Juntar as gemas, mexer bem e voltar ao lume até engrossar o suficiente para se moldarem à mão. Deixar arrefecer e guardar no frigorífico até ao dia seguinte.

Retirar com uma colher de sobremesa, pequena bolas de massa e com as mão oleadas moldar uma bola, depois um croquete e apertar ligeiramente as extremidades dando a forma as broas. Colocar num tabuleiro forrado e polvilhado com farinha.>
Pincelar com as gemas batidas com a água e decorar com as drageias. Levar a forno quente, pré-aquecido, até ficarem douradas.

Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco nos tabuleiros e ainda mornas, retirar com uma espátula fina e metálica para cima da banca. Deixar arrefecer completamente antes de guardar numa caixa ou lata.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Ao descascar as batatas doces eliminar as fibras mais externas. Reduzir a puré num passe-vite e se for necessário passar por um passador não muito fino;
- Para moldar as broas facilmente, colocar um pouco de óleo numa taça e untar a palma de uma mão e os dedos da outra, para não aderir à massa. Ao fim de uma dúzia, lavar as mãos já peganhentas;
- O tapete de silicone permite que o lar das broas não fique seco, se assim o desejar assar antes em papel vegetal.

22 comentários:

  1. que lindas e boas!!!! eu tambem adoro esse genero de broinhas!! sao deliciosas!beijos

    ResponderEliminar
  2. Eu não conheço essa receita, vou preparar pra conhecer o sabor, parece uma delicia, adoro pães,mas meu talento é com bolo!!!

    Bjão

    ResponderEliminar
  3. Não consegui ler até ao fim... tive que ir limpar a baba.

    ResponderEliminar
  4. ficam com um ar mesmo apetitoso.
    como estou a beber uma chávena de chá bem que me podias manda 2 ou 3.

    ResponderEliminar
  5. Não sou fã de broas castelares... mas estas nunca provei....será q ia gostar? se trouxeres uma para eu comer, ja fico a saber!

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Lá vou eu ter de experimentar esta receita!.... Bom fds!
    Babette

    ResponderEliminar
  7. Nunca provei castelares nem de espécie mas adoro o aspecto de ambas :)

    ResponderEliminar
  8. Muito interessante essas broinhas que não levam farinha de trigo. São uma boa pedida para os celíacos...
    Um abraço,

    Jean Claudi.

    ResponderEliminar
  9. que bonitas que ficaram.
    acho que iam muito bem com um cha agorarinha mesmo
    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. que bonitas que ficaram.
    acho que iam muito bem com um cha agorarinha mesmo
    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Oi Renato!
    Não conhecia estas broinhas... mas também, sendo brasileira não é de se espantar! :) Parecem-me fantásticas e apesar de guardar a receita, vou ter dificuldade de testá-la por falta de batata-doce, uma raridade aqui na Alemanha.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Muitos lindinhas e que delicious recetinha nao e?
    bjs e bom bom domingo ....

    ResponderEliminar
  13. Que maravilhoso aspecto! Parecem trabalhosas mas avaliando o resultado final, vale mesmo a pena fazer este docinho regional!
    beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Renato,
    Incrível a sua rapidez em testar os pãezinhos da Domingas! Rsrs Fico feliz por você e sua família terem gostado!
    Ah, não sabia que os pães que levam manteiga têm mais açúcar! Já havia notado e me perguntava o porquê de tanto açúcar na massa! Obrigada pela dica!
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Gostei muito da receita; a combinação desses ingredientes tem deve resultar numas broinhas saborosas (vou levar a receita).
    Beijinho e boa semana.

    ResponderEliminar
  16. Adoro! Eu costumo fazer as castelares que levam farinha, estas são mais macias! Lindas!

    ResponderEliminar
  17. Que lindas broas, gosto das duas, já experimentei as castelares agora só falta estas, vou levar a receita.

    ResponderEliminar
  18. Adoro broas e estas têm um aspecto magnifico, um dia tento aventurar-me a fazer ;) mas com um reguila em casa é dificil :) (Marina) http://bomgarfo-marina.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. Há 3 anos que faço esta receita! Sempre em duplicado pq toda a gente devora! Absolutamente incrível!
    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente por gostar da receita, correr bem e todos a devorarem. Por fazer todos os anos, acaba por ganhar prática e correr ainda melhor.
      Bom Natal :)

      Eliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!