sábado, 27 de fevereiro de 2010

BRISAS DO LIS

Brisas do Lis são o ex-libris da doçaria da cidade do rio Lis, Leiria.
São deliciosas. Um pouco doces, mas este tipo de sobremesa não é para comer com avidez.
O contraste entre a cremosidade do topo e a amêndoa da base, é muito bom.
Quem vem a Leiria e não conhece este doce, não pode partir sem o provar.

A minha receita é das Brisas do Lis da minha mãe. Tem a vantagem de usar os ovos inteiros, pelo que o desperdício é menor, tendo maior rendimento, outras receitas incluem ovos inteiros e gemas. A amêndoa incluída acaba por separar-se dos ovos, subindo na forma e ficando depois na base quando voltadas. A amêndoa é picada de forma grosseira. No entanto prefiro um picado grosseiro fino.

Parecem complicadas de fazer, mas não são, açúcar, ovos e amêndoas, tudo misturado. Apenas há que ter forminhas pequenas metálicas, as mesmas dos Papos de Anjo, para as assar.

Fiz assim...

BRISAS DO LIS


INGREDIENTES

400g de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga derretida
8 ovos
200g de amêndoa pelada picada não muito fina

manteiga e açúcar (para untar e polvilhar)

PREPARAÇÃO
Pré-aquecer o forno a 180ºC e untar as forminhas metálicos com manteiga e polvilhar com açúcar.

Numa taça misturar o açúcar com a manteiga. Juntar os ovos e mexer bem com a vara de arames. Acrescentar a amêndoa e mexer.

Encher as forminhas até cima (a massa não cresce) e levar ao forno a 170ºC num tabuleiro em banho-maria, durante 30min, ou até a superfície estiver seca e acastanhada.

Retirar do forno e do banho-maria e deixar arrefecer uns minutos.
Desenformar ainda mornas e deixar arrefecer.
Quando frias, aparar a base e colocar sobre forminhas de papel plissado (n.º 6).

Rende 20 unidade em forminhas de 60ml.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES

- Os ovos caseiros dão uma cor mais bonita às Brisas, mas em alternativa podem-se usar ovos de aviário e 2 gotas de corante amarelo ovo;
- Para encher as forminhas acho mais prático colocar a massa num jarro grande/cafeteira;
- Terão de ser assadas em banho-maria caso contrário não terão no final o mesmo efeito. Ficarão opacas e sem brilho;
- Se ao desenformar estiverem ainda líquidas, levar a assar mais uns minutos, em banho-maria, por isso quando as retirar do forno, não eliminar a água do tabuleiro;
- Também pode ser feita uma super-brisa, numa forma antiaderente, em banho-maria.

32 comentários:

  1. Um doce tipico da nossa terra, docinho como tudo!!
    Todos têm que provar!! É fantastico.
    Realmente, lembro-me de fazer com a minha madrinha, e sobrar uma imensidão de claras, das quais eu me entretinha a fazer suspiros!!
    Como dizia o outro: "nada se perde, tudo se transforma..."

    Já que estás numa de doces regionais, e as "nossas" Vieirinhas?? tens a receita?

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  2. Nunca provei mas pelos ingredientes já sei que gosto :)

    ResponderEliminar
  3. acreditas que so comi uma vez e sao tipicas da minha cidade hehe
    mas sao mesmo boas. as tuas ficaram bem bonitas:-)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Estão com um aspecto delicioso!
    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  5. Estão com um aspecto delicioso!
    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  6. Esta é sem dúvida mais uma receita tua que, vai comigo, pois brisas que são absolutamente deliciosas e ainda por cima com os ovos inteiros, só podia ser uma receita de mãe :D muito bonitas e conto fazer em breve, depois já sabes que te aviso :*

    ResponderEliminar
  7. já fui a Leiria várias vezes e ainda nunca provei esta maravilha.
    da próxima vez não me escapam...

    ResponderEliminar
  8. Oi Renato,

    Pois eu sempre acabo aprendendo coisas novas sobre a cozinha Portuguesa por aqui! Sabe que temos no Brasil um doce muito famoso chamado "Quindim"... ouvi dizer que era uma adaptação brasileira de algum doce português... e aí está! É a primeira vez que vejo este doce! O "Quindim" leva côco ao invés de amêndoas e usamos apenas as gemas!

    Já anotei a sua receita!

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Adoro doces tradicionais... quando for a Leiria vou ter de experimentar :)

    ResponderEliminar
  10. Muito apetitosas.
    Nunca comi mas, a avaliar pelo aspecto e pelos ingredientes, é certo que irei gostar.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Sou estemunha que são fantásticas...tabém tenho essas formas. Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Mesa - É verdade, as mães fazem de tudo para evitar gastos desnecessários :)

    Andrea - Pois, conheço também o quindim (pela minha mãe que esteve no Brasil) que leva coco. Gosto muito também. As brisas também podem ser feitas numa única forma, formando uma grande brisa, tal como o quindim.

    A todos que ainda não experimentaram brisas - Experimentem!

    ResponderEliminar
  13. Pimenta - Vou averiguar as Vieiras. Não tenho é forminhas em forma de vieiras :(
    Tenho umas queijadas para aqui deixar, assim que as fizer novamente e fotografar.

    ResponderEliminar
  14. Renato,

    Os Quindins também são feitos em forminhas (usamos as para empadinhas). Só mais tarde as pessoas começaram a colocar a massa numa forma de pudim e aí quando ele se apresenta assim, chamamo-os de Quindão! :)

    foto:
    http://www.viagemesabor.com.br/userfiles/image/paty_quindim-3_web.jpg

    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Renato,

    Os Quindins também são feitos em forminhas (usamos as para empadinhas). Só mais tarde as pessoas começaram a colocar a massa numa forma de pudim e aí quando ele se apresenta assim, chamamo-os de Quindão! :)

    foto:
    http://www.viagemesabor.com.br/userfiles/image/paty_quindim-3_web.jpg

    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Que belos doces! Como disse a Andrea, por aqui chamam-se quindins e levam côco!!
    Um abraço,

    Jean Claudi.

    ResponderEliminar
  17. Como é que se consegue fazer dieta com delicias destas? Eu costumo fazer, mas com côco! Esta é mesmo de experimentar!

    ResponderEliminar
  18. Pois é, eis aí o quindim português, que deve ser delicioso!
    Os teus docinhos ficaram lindos!

    Beijinho e boa semana!

    ResponderEliminar
  19. Já provei há muitos anos lá em leiia mas nunca fiz, pensava que seria mais complicado.
    assim, fiquei tentada a experimentar!

    ResponderEliminar
  20. Lindas e perfeitas, ao ler a receita até parece fácil, vou levar a receita.
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Já conheço as Brisas do Lis há bastante tempo mas só de ouvir falar, nunca as provei. Mas são o tipo de doce que me agrada, fazem lembrar os quindins.
    Já agora e como sou de Gaia, agradeço e retribuo o abraço:)

    ResponderEliminar
  22. É um docinho tão bom, apetece comer logo 2.
    Estes estão com um aspecto divinal.
    Jocas

    aproveita por visitar:
    saboresapurados.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  23. Estão muito bonitas estas brisas do Lis. Os meus parabéns.

    ResponderEliminar
  24. Que delícia!! Vou experimentar fazer este docinho típico numa forma grande a ver se sou bem sucedida!! Espero não ter dificuldades em desenformá-la depois. Ficaram com óptimo aspecto e são muito parecidas com os quindins. Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. É o doce tradicional da minha cidade mas é algo que não me puxa a comer... tenho uma ideia que são extremamente doces...
    mas devo dizer-te que as tuas brisas ficaram iguaizinhas ás das pastelarias!
    parabéns!!

    ResponderEliminar
  26. Pesquisando a receita, encontrei várias versões. Optei por esta para não desperdiçar os ovos e por me ter parecido simples. Fiz na Bimby por comodismo... Obrigada pela partilha! Deliciosas...
    http://manasecompanhia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  27. Devem ser óptimos. Pode me ajudar informando onde posso comprar as forminhas metálicas em folha de flandres? Só encontro em alumínio e não são redondas.
    Muito obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, estas formas são cada vez menos frequentes na era do silicone, mas pode encontrá-las, tal como eu, mesmo em cidades, nas lojas mais antigas de ferragens com artigos para o lar ou em drogarias. Se precisar de mais ajuda é só dizer.

      Eliminar
    2. Olá boa tarde. Muito obrigada pela ajuda, vou procurar nas lojas antigas de ferragens. Nas lojas de artigos para o lar já tinha procurado mas não encontrei. Uma vez mais muito obrigada

      Eliminar
    3. Não sei se já encontrou, mas esta semana na Feira de S. Mateus havia nas bancas de artigos de cozinha. Noutras feiras haverá de certeza.

      Eliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!