sexta-feira, 10 de julho de 2020

BOLO DE CURGETE E LIMÃO

Há que gastar as curgetes que vão aparecendo aqui à porta.
Para além de, com outros legumes, ser salteada, assada no forno, entrar no puré de sopas, há muitas outras sugestões: Muffins de Peixe e Vegetaisrodelas e fatias de curgeteTorta de Curgete e  Cenoura com recheio de Hummus, Risotto de Curgete e Seitan ou ser espiralizada; também pode incluir-se em sugestões doces, como o Doce de Curgete, Baunilha e Limão ou o Bolo de Curgete e Coco.

A curgete não tem um sabor bastante neutro, pelo que é necessário que ao cozinhá-la se adicionem aromas, quer se trate de uma preparação salgada ou doce.
Nas versões doces há algumas boas combinações, com baunilha, limão, coco ou hortelã.

Neste bolo a curgete contribui para uma textura densa e húmida q. b., desde que seja bem espremida no fim de ralada.
É um bolo com ingredientes e quantidades semelhantes ao Bolo de Curgete e Coco, em vez de manteiga inclui-se azeite.
A receita é adaptada de Mom on time out, tendo reduzido a quantidade de açúcar.

A cobertura é facultativa, mas mesmo simples marca a diferença, vale a pena fazer, até porque já reduzi o açúcar na massa para contrastar com a cobertura agridoce.

Fiz assim...

BOLO DE CURGETE E LIMÃO


INGREDIENTES
Para forma redonda com chaminé Ø 22 cm:
175 g de açúcar
60 ml de azeite
2 ovos
80 ml de leite ou bebida vegetal de amêndoa
2 colheres (sopa) de sumo de limão
raspa de 1 limão
1 colher (chá) de essência de amêndoa ou coco ou extrato de baunilha
350 g de curgete (215 g no fim de espremida)
280 g de farinha de trigo T55
1 1/4 colher (chá) de fermento em pó
pitada de sal fino

Cobertura glacê de limão:
açúcar em pó
sumo de limão q.b.

PREPARAÇÃO
Pré-aquecer o forno a 180.
Descascar parcialmente a curgete e ralar.
Colocar a curgete ralada num pano fino (que não largue pelos), apertar em volta e espremer o mais que conseguir. Reservar.

Numa taça média colocar o açúcar, azeite e os ovos e bater até que fique homogéneo.
Juntar o leite, o sumo de limão, a raspa e o aroma e misturar bem.
Envolver a curgete ralada e espremida.

Numa outra taça maior colocar a farinha, fermento e sal.
Verter a mistura dos líquidos na dos secos e envolver rapidamente sem bater.

Verter numa forma previamente untada,
Levar ao forno a 170°C durante 35-40 minutos.
Desligar o forno, deixar no interior mais 5 minutos.

Retirar e desenformar sobre uma grelha.

Para a cobertura numa taça colocar 2-3 colheres (sopa) de açúcar em pó.
Juntar alguma gotas de sumo de limão e mexer para averiguar a quantidade que é necessária para que não fique demasiado líquida.
Dispor a cobertura, com uma colher, sobre o bolo parcialmente arrefecido e já no prato de servir.



Quantidade duplicadas para distribuir por formas mais pequenas


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Para uma forma maior, por exemplo de bundt de 10 chávenas, faço x 1,5 a receita: 270g de açúcar, 90 ml de azeite, 3 ovos, 120 ml de leite, 3-4 colheres (sumo de limão), 1,5 colher (chá) d estrato de baunilha, 420 g de farinha, 2 colheres (chá) de fermento em pó, 525 g de curgete ralada (350 g espremida);
- Noutras ocasiões suplico a receita para distribuir a massa por formas mais pequenas, por exemplo 2 formas de bundt de 6 chávenas e outra mais pequena ou mal cheia;
- A curgete pode ser ralada integralmente com a casca, embora ou prefira retirar parte da casca (como se faz com o pepino) para depois não aparecer em demasia na fatia do bolo.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!