quarta-feira, 7 de maio de 2008

CARNE DE PORCO À PORTUGUESA

Poderia ser carne de porco à alentejana, mas como não levou amêijoas, ficou simplesmente à portuguesa e à minha moda.

É comida rápida e muito saborosa. É preciso deixar marinar a carne já cortada, algum tempo, o ideal seria desde o dia anterior, mas pode ser só uma manhã, 1h antes ou nada. Claro que quanto mais estiver em vinho de alhos mais sabor adquire a carne. Se for de um dia para o outro, coloca-se no frigorífico tapado com película aderente, no outro dia é só fritar.

Torna-se ainda mais rápida de fazer pois dei utilidade à Massa de Tempero.


INGREDIENTES
1kg carne de porco (lombo, lombinho ou pá - este pedaço foi uma pá com osso)
4 colheres (sopa) de Massa de Tempero (ou os mesmos ingredientes)
3dl de vinho tinto
Azeite
Óleo / Banha de porco
Batatas aos cubos para fritar
Pickles variados
Azeitonas pretas

PREPARAÇÃO
Limpa-se a carne de excessos de gorduras, cortá-la aos cubos.
Numa taça mexe-se 3-4 colheres de massa de tempero (ou os mesmos ingredientes picados) com vinho. Acrescenta-se a carne. Deixa-se marinar e mexe-se de vez em quando.

Aquece-se um pouco de azeite e óleo/banha de porco numa frigideira alta. Quando bem quente, escorre-se bem a marinada (reserva-se) e frita-se a carne em lume alto. Assim que a carne estiver bem loura de todos os lados, acresta-se parte da marinada, mexe-se e deixa-se cozinhar em lume médio, até evaporar o caldo e ficar apenas a gordura. Acrescenta-se mais um pouco da marinada, tapa-se e deixa-se cozinhar mais 5min..

Entretanto, fritam-se as batatas, escorrem-se e colocam-se numa travessa funda ou prato de barro.
Verte-se a carne com o molho por cima e enfeita-se com azeitonas pretas e pickles cortados.

NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Prefiro vinho tinto na marinada, mas pode ser usado branco. O tinto escurece mais a carne, como foi o caso e também usei carne da pá que é mais escura que o lombo;
- Prefiro abrir amêijoas ou berbigões numa caçarola à parte (ao invés de ser na própria carne - por causa das areias) e misturar com a carne na frigideira, antes de a verter na travessa, para que os bivalves ganhem algum sabor.

4 comentários:

  1. mas que ar delicioso que essa carne tem. já almoçava outra vez.

    ResponderEliminar
  2. Adoro carne de porco à portuguesa, o aspecto deste prato está óptimo!

    Beijos

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!