quinta-feira, 30 de abril de 2020

TOAD IN THE HOLE - VERSÃO COM BACON, CEBOLA E TOMATE

Após uma visita ao estrangeiro recordamos, durante algum tempo, o que foi visto, quer sejam monumentos, museus, edifícios, ruas, lojas, mas também sabores e cheiros. Queremos vivenciar muitos dos momentos, dos pormenores, do convívio e a comida é uma dessas formas. Na visita à Escócia foram vários os sabores experimentados, este por acaso não foi um deles, cheguei a lê-lo em várias ementas de pubs, mas optámos por outros sabores, alguns que nunca tinha experimentado como Haggis, neeps and tatties ou as Scottish meat pies, Steak 'n' Stout pie, Scottich burguers (com carne bovina da raça Aberdeen Angus), Scotch broth...

Durante este período de confinamento relembro os dias de liberdade que ainda foram vividos, ao beber um chá, ao comer um chocolate ou um caramelo fudge ou ao reaver este Toad in the Hole, um clássico inglês, já aqui preparado.
A par das típicas pies e dos fish and chips, este prato não requer nenhuma perícia, mas tal como os restantes, é uma comida de conforto. Simples e saborosa. Não para um almoço nem jantar elaborado, longe disso, mas para um brunch ou para um lanche ajantarado, dos poucos que podem ser feitos a ver um filme, no sofá, com uma manta por cima.

A receita clássica é ainda mais simples, apenas salsichas assadas no forno envolvidas numa massa que é um misto de omelete e panquecas, uma massa de pudim de Yorkshire. É um prato que atualmente é feito com salsichas frescas, mas que em tempos idos seria para aproveitamento de algumas sobras de carne. Do pouco se fazia muito. O aroma do alecrim combina com o tempero das salsichas frescas.

Para os apreciadores dos sabores do bacon, salsichas e ovos, apreciarão esta versão, que junta também cebola e tomate. Ingredientes a mais, dizem uns, eu digo que complementa ainda mais e não precisa de acompanhamento, pois torna-se uma comida apenas de garfo, o sofá não dá para mais ;)
Para beber sugiro um chá darjeeling.

Fiz assim...

TOAD IN THE HOLE - VERSÃO COM BACON, CEBOLA E TOMATE


INGREDIENTES
Para 4 a 6 pessoas (se simples ou incluindo outras opções)
Para as salsichas:
1 fio de óleo
6-8 salsichas frescas
6-8 fatias de bacon sem courato
2 cebolas médias (ou 1 grande)
2 tomates médios

Para a massa:
4 ovos
140 g de farinha de trigo sem fermento
2 colher (chá) de tomilho fresco ou seco
2 colheres (chá) de alecrim fresco ou seco
1 colher (chá) de orégãos
1 colher (chá) de açafrão-das-Índias
1/2 colher (chá) de alho seco em pó
1 colher (sopa) de mostarda inglesa
300 ml de leite
pitada de sal
pitada de pimenta

salsa picada, coentros picados ou folhas de alecrim fresco (decoração)

PREPARAÇÃO
Começar por preparar a massa, misturando numa tigela os ovos com a farinha até obter uma polme.
Só depois colocar os restantes ingredientes, batendo um pouco para que fique homogénea. Reservar no frigorífico.

Pré-aquecer o forno a 220 °C.
Enrolar as fatias de bacon em volta salsichas.
Num tabuleiro colocar um fio de óleo e dispor as salsichas.
Entre as salsichas encaixar a cebola cortada em meias luas.
Levar ao forno cerca de 15 minutos. Virar as salsichas e deixar assar mais 10 minutos.

Retirar o tabuleiro do forno e verter a massa sobre as salsichas de forme a que penetre entre elas.
Levar ao forno 15 minutos até dourar.

Retirar do forno, distribuir a salsa ou alecrim picado e servir de seguida.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Os temperos originais são apenas o sal, alecrim e tomilho. Eu acrescentei um pouco de orégãos e alho em pó porque combina com o tomate, açafrão-das-Índias (curcuma) para dar uma cor amarela mais intensa e pimenta para retirar o adocicado do ovo;
- Para fazer a versão original não use também o bacon;
- Sugiro que as salsichas frescas possam ser cortadas em 3 partes para facilitar ao servir e cortar;
- Usei coentros frescos para a decoração.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Deixe aqui o seu comentário a esta cozinha!